Última hora

Última hora

Turquia prepara centro para acolher migrantes reenviados da Grécia

Na Turquia ultimam-se os preparativos para receber os migrantes provenientes da Grécia ao abrigo do acordo firmado entre a União Europeia e a

Em leitura:

Turquia prepara centro para acolher migrantes reenviados da Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia ultimam-se os preparativos para receber os migrantes provenientes da Grécia ao abrigo do acordo firmado entre a União Europeia e a Turquia.

Point of view

Existem deficiências e lacunas em ambos os países a que é preciso responder

A Turquia está a ultimar um centro de readmissão na localidade de Cesme na região ocidental do país.

Segundo o acordo União Europeia – Turquia, a Europa aceitará um migrante legal por cada migrante em situação irregular enviado para a Turquia.

O acordo entra em vigor esta segunda-feira.

“Começámos na sexta-feira. Disseram-nos que viriam migrantes da Grécia. Ainda hoje vamos acabar os trabalhos nem que tenhamos que ficar aqui até às 11 da noite. Estamos todos a trabalhar”, disse Sadullah Gökçekaya, um dos trabalhadores no local.

As agências de auxílio humanitário já lançaram o alerta relativo a potenciais violações dos direitos humanos afirmando existirem “deficiências” em ambos os países.

Segundo o representante dp ACNUR, Boris Cheshirkov, “existem deficiências e lacunas em ambos os países a que é preciso responder. Não nos opomos aos reenvios de pessoas desde que estas não necessitem de proteção internacional, não tenham requerido asilo e os seus direitos humanos sejam protegidos”.

Entretanto, na ilha grega de Lesbos, a guarda costeira resgatou durante a noite de sábado para domingo mais uma embarcação que transportava migrantes em direção à Europa.

Duas semanas após a data-limite de 20 de março definida no acordo União Europeia – Turquia, o fluxo migratório mantém-se constante. A média de chegadas às ilhas gregas atinge os 300 a 500 migrantes por dia.