Última hora

Última hora

'Panama Papers': "It's a Mess(i)"

Já a tentar 'fintar' os problemas com a administração fiscal em Espanha, Lionel Messi tenta contra-atacar agora que foi envolvido no escândalo 'Panama Papers', mas arrisca outro 'cartão vermelho' do f

Em leitura:

'Panama Papers': "It's a Mess(i)"

Tamanho do texto Aa Aa

Já a tentar ‘fintar’ os problemas com a administração fiscal em Espanha, Lionel Messi tenta contra-atacar agora que foi envolvido no escândalo ‘Panama Papers’, mas arrisca outro ‘cartão vermelho’ do fisco.

Point of view

Consequências fiscais para Lionel Messi já foram regularizadas.

O astro argentino nega qualquer envolvimento nos esquemas de evasão fiscal e branqueamento de capitais com plataforma giratória na sociedade de advogados panamiana Mossack Fonseca. A estrela do Barcelona está por isso a pensar processar o jornal espanhol “El Confidencial”, um dos membros do consórcio de jornalistas que está a investigar o caso.

A assinatura de Messi e do pai está nos documentos já divulgados, mas o futebolista afirma que a empresa a que se referem as informações, a Mega Star Enterprises é “uma companhia totalmente inativa, que nunca teve fundos nem contas correntes abertas” e que deriva de “uma antiga estrutura societária (…), cujas consequências fiscais para Lionel Messi já foram regularizadas”, lê-se no comunicado do cinco vezes Bola de Ouro.