Última hora

Última hora

PSA apresenta plano estratégico ofensivo

A PSA Peugeot Citröen revelou o plano estratégico para os próximos cinco anos, que qualifica de “ofensiva de produto e tecnologia”. O plano é chamado

Em leitura:

PSA apresenta plano estratégico ofensivo

Tamanho do texto Aa Aa

A PSA Peugeot Citröen revelou o plano estratégico para os próximos cinco anos, que qualifica de “ofensiva de produto e tecnologia”. O plano é chamado “Push to pass”, isto é “acelerar para ultrapassar”.

Dois anos depois de ter evitado a falência, o construtor automóvel francês visa um crescimento do volume de negócios na ordem dos 10% até 2018 e de 15% até 2021.

O presidente do grupo, o português Carlos Tavares, revela que pretendem lançar um novo veículo cada ano em cada uma das três marcas, incluindo 11 modelos elétricos ou híbridos.

Após três anos de prejuízos, a PSA voltou aos lucros no ano passado. Os lucros líquidos atingiram 1,2 mil milhões de euros. A direção de Tavares conseguiu também os custos de produção.

O grupo está a negociar a implantação na Argélia, procura um parceiro na Ásia e pensa regressar, de forma gradual, ao mercado dos Estados Unidos.

No dia da apresentação do plano estratégico, o jornal Le Figaro publica uma entrevista com Carlos Tavares (em francês).