Última hora

Última hora

Champions: Tudo em aberto para Benfica, Bayern, Barcelona e Atlético de Madrid

Rui Vitória ficou "orgulhoso" da prestação do Benfica. O Barcelona deu a volta ao marcador durante os 90 minutos em Camp Nou.

Em leitura:

Champions: Tudo em aberto para Benfica, Bayern, Barcelona e Atlético de Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

Ficou tudo em aberto após a primeira mão dos dois primeiros encontros dos quartos-de-final da Liga dos Campeões.

Rui Vitória ficou “orgulhoso” da prestação do Benfica e do apoio dos adeptos em Munique, de onde as águias saíram com uma derrota por 1-0 a que esperam dar a volta no inferno da Luz.

Já o Barcelona deu a volta ao marcador durante os 90 minutos em Camp Nou. O herói foi Luis Suarez, autor dos dois golos dos catalães, que considera o resultado bom, apesar do golo sofrido em casa. Isto porque o Atlético “está obrigado a marcar em Madrid”.

O resultado na Liga dos Campeões parece também ter agradado ao técnico do Atlético, clube que, em Espanha, está a seis pontos do líder, precisamente o Barcelona.

Diego Simeone espera por isso que, no Vicente Calderón, consiga confirmar a presença “entre as quatro melhores equipas” que vão lutar pelo título europeu, tal como está “a lutar na Liga”, acrescentando que, “aos poucos”, o Atlético “começa a incomodar alguns na Europa”.

Fernando Torres voltou a ser protagonista pela positiva e pela negativa. Marcou o golo do Atlético de Madrid ao minuto 25, mas acabou por ser expulso 10 minutos mais tarde por acumulação de amarelos.

Champions: Tudo em aberto para Benfica, Bayern, Barcelona e Atlético de Madrid

Ficou tudo em aberto após a primeira mão dos dois primeiros encontros dos quartos-de-final da Liga dos Campeões.

Rui Vitória ficou “orgulhoso” da prestação do Benfica e do apoio dos adeptos em Munique, de onde as águias saíram com uma derrota por 1-0 a que esperam dar a volta no inferno da Luz.

Já o Barcelona deu a volta ao marcador durante os 90 minutos em Camp Nou. O herói foi Luis Suarez, autor dos dois golos dos catalães, que considera o resultado bom, apesar do golo sofrido em casa. Isto porque o Atlético “está obrigado a marcar em Madrid”.

O resultado na Liga dos Campeões parece também ter agradado ao técnico do Atlético, clube que, em Espanha, está a seis pontos do líder, precisamente o Barcelona.

Diego Simeone espera por isso que, no Vicente Calderón, consiga confirmar a presença “entre as quatro melhores equipas” que vão lutar pelo título europeu, tal como está “a lutar na Liga”, acrescentando que, “aos poucos”, o Atlético “começa a incomodar alguns na Europa”.

Fernando Torres voltou a ser protagonista pela positiva e pela negativa. Marcou o golo do Atlético de Madrid ao minuto 25, mas acabou por ser expulso 10 minutos mais tarde por acumulação de amarelos.