Última hora

Última hora

Pfizer renuncia à compra da Alergan

A farmacêutica norte-americana renunciou ao projeto que lhe daria vantagens fiscais.

Em leitura:

Pfizer renuncia à compra da Alergan

Tamanho do texto Aa Aa

A Pfizer, maior empresa farmacêutica dos Estados Unidos, desistiu da ideia de comprar a irlandesa Allergan, devido às normas fiscais mais apertadas, entretanto aprovadas pelo departamento do Tesouro norte-americano.

Além de criar um novo gigante de 160 mil milhões de dólares, a fusão teria permitido à Pfizer mudar a sede para a Irlanda e assim pagar menos impostos. A empresa anunciou que as novas regras tornariam a mudança de sede menos apelativa, do ponto de vista financeiro. O cancelamento da fusão foi anunciado de comum acordo.

Para compensar as despesas relacionadas com a fusão, a Pfizer vai pagar à Allergan 150 milhões de dólares, o equivalente a cerca de 130 milhões de euros. O tema da possível mudança de sede da Pfizer tinha sido abordado por vários candidatos à presidência dos Estados Unidos, incluindo Donald Trump, Hillary Clinton e Bernie Sanders.