Última hora

Última hora

"Virtuosos": o caça talentos da música clássica

Em leitura:

"Virtuosos": o caça talentos da música clássica

Tamanho do texto Aa Aa

“Virtuosos” é um concurso de televisão onde se procuram talentos na área música…clássica. Está a ser um sucesso na Hungria e em breve deve chegar a

“Virtuosos” é um concurso de televisão onde se procuram talentos na área música…clássica. Está a ser um sucesso na Hungria e em breve deve chegar a outros países, um pouco por todo o mundo.

Uma das criadoras do formato, Mariann Peller, esteve esta semana em Cannes, em França, para participar num encontro anual de profissionais de televisão e explicou que “o seu sonho é que o programa desse o salto internacional. “Virtuosos” é um concurso com muito impacto. É um programa no qual se descobrem talentos e ficariam muito satisfeitos se chegasse a outros países.”

Em Cannes, Mariann Peller, conseguiu seduzir empresas internacionais tão importantes como a Dick Clark Productions. A ideia de misturar um programa de entretenimento com conteúdo de qualidade agradou os produtores. Mark Rafalowski, responsável pela EVP International Distribution, DCP, garante que “este programa é muito inspirador. Acredito que os canais de televisão deviam prestar atenção porque atrai audiências diferentes, públicos de várias gerações”.

Na edição de 2014, o vencedor foi um rapaz de 11 anos, Mihály Boros, mais conhecido como Misi.
Misi inspirou outros jovens e um ano depois as escolas de música registam um aumento de 14% nas inscrições.
A vitória nos “Virtuosos” mudou a vida de Misi. O pequeno pianista lembra que “depois do programa foi convidado para participar em muitos concertos, mais de 80.” Tocou, por exemplo, em Nova Iorque e em Tóquio.

“Virtuosos” também chamou a atenção de gente com carreira feita. Há apenas algumas semanas, Plácido Domingo participou no programa em Budapeste e prometeu aos jovens talentos que um dia subiriam ao palco com eles.