Última hora

Última hora

Turquia alerta para quebra de acordo sobre migrantes se UE não cumprir promessas

A Turquia diz que não aceita receber mais migrantes sírios se a União Europeia não cumprir com as suas promessas, incluindo a abolição de visto para

Em leitura:

Turquia alerta para quebra de acordo sobre migrantes se UE não cumprir promessas

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia diz que não aceita receber mais migrantes sírios se a União Europeia não cumprir com as suas promessas, incluindo a abolição de visto para os cidadãos turcos que pretendam viajar para a Europa a partir do verão.

Nos termos do acordo UE-Turquia, de 18 de março, Ancara compromete-se a receber todos os migrantes que atravessam o mar Egeu para entrar na Grécia de forma ilegal. Em troca, a União Europeia promete receber um número igual de refugiados que estejam em campos da Turquia, devidamente registados. Bruxelas garante ainda recompensar a Turquia com cerca de 6 mil milhões de euros em ajuda financeira até ao final de 2018 e abolir os vistos para os cidadãos turcos.

Esta quinta-feira, duas embarcações da Frontex cheias de migrantes atracaram no porto de Quios, entre os resgatados estavam várias crianças.

Os botes foram intercetados ao largo da costa leste da ilha. Segundo as autoridades locais, os migrantes vão ser enviados para o centro de detenção “Vial” de Quios, onde estão retidos outros migrantes desde 20 de março.

Nas últimas 24 horas, pelo menos 69 migrantes terão chegado à ilha de Quios, seis a Lesbos, e um migrante a Samos.