Última hora

Última hora

Jihadistas belgas previam atacar de novo Paris

A célula jihadista sediada em Bruxelas teria novos planos para atacar a França, mas o estado avançado das investigações obrigou os terroristas a

Em leitura:

Jihadistas belgas previam atacar de novo Paris

Tamanho do texto Aa Aa

A célula jihadista sediada em Bruxelas teria novos planos para atacar a França, mas o estado avançado das investigações obrigou os terroristas a acelerar e a apontar a mira sobre a capital belga.

Fontes próximas da investigação afirmam que um computador encontrado contém um arquivo da lista de alvos franceses. Os terroristas belgas visavam o centro comercial Les 4 Temps em La Défense, e uma conservadora associação católica.

O bairro de La Defense já tinha estado nos planos de Abdelhamid Abaaoud, o alegado instigador dos ataques de 13 de Novembro, que planera fazê-lo explodir.

O belga-marroquino Mohamed Abrini, o “homem do chapéu”, já acusado pelos atentados de Paris, foi também imputado pelos “crimes terroristas” de 22 de março em Bruxelas que mataram 32 pessoas.

Procurado desde novembro, Abrini foi detido na sexta-feira depois de ter sido identificado como o terceiro homem dos ataques ao aeroporto de Bruxelas-Zaventem, que abandonou o local a pé, pouco antes da dupla explosão.