Última hora

Última hora

Itália é o país onde os deputados ganham mais

Os deputados italianos auferem os maiores salários mensais quando comparados com os parlamentares de 26 outros países (ver gráfico abaixo) analisados

Em leitura:

Itália é o país onde os deputados ganham mais

Tamanho do texto Aa Aa

Os deputados italianos auferem os maiores salários mensais quando comparados com os parlamentares de 26 outros países (ver gráfico abaixo) analisados pela Euronews. Feitas as contas, em Itália um parlamentar ganha cerca de 14 mil euros brutos, ou seja, 10 vezes mais do que os seus homólogos da Bulgária, os deputados que da lista auferem o salário mais baixo.

Um relatório da comissão liderada pelo diretor da agência italiana de estatística de 2012 colocava os deputados italianos com um salário mais de 60% acima da média europeia.

Os salários mensais dos deputados estão, por norma, acima da média nacional dos respetivos países, no caso concreto de Itália, cinco vezes acima. As despesas de representação e as despesas pessoais variam, no entanto, de país para país.

Na lista dos mais bem pagos estão, ainda, os deputados austríacos e alemães, com salários mensais entre os nove e os 10 mil euros. Seguidos dos holandeses e dos britânicos.

O Estatuto Remuneratório e outros Direitos dos Deputados divulgado pelo sítio do Parlamento, colocava em 2012 os deputados portugueses com um salário mensal de 3360,48 valor ao qual acresciam 341,46 de despesas de representação (em regime de exclusividade).

As remunerações consagradas na lei para o ano de 2016

No início de 2010, os deputados portugueses recebiam um salário mensal de base, bruto no valor de 3.815,17 euros. Valor que somado aos 370,32 euros de despesas de representação se traduzia em 4.185,49 euros (ilíquidos). Em junho, o salário base bruto foi cortado em 5 por cento para 3.624,41 euros.

Já o vencimento bruto de um eurodeputado ronda os 8 mil euros, que depois do imposto comunitário e a contribuição para seguro desce para pouco mais de 6 mil euros. Previstos estão, ainda, subsídios de estadia, de despesas gerais e de despesas de viagem.