Última hora

Última hora

Eleições na Síria: Urnas abertas para legislativas boicotadas pela oposição

Os sírios que vivem em territórios controlados pelo regime e que apoiam Bashar al-Assad votam esta quarta-feira nas eleições legislativas convocadas

Em leitura:

Eleições na Síria: Urnas abertas para legislativas boicotadas pela oposição

Tamanho do texto Aa Aa

Os sírios que vivem em territórios controlados pelo regime e que apoiam Bashar al-Assad votam esta quarta-feira nas eleições legislativas convocadas pelo governo.

Este escrutínio está a ser boicotado pela oposição e, além disso, é impossível de concretizar nas várias regiões do país em guerra há mais de cinco anos.

Nas zonas sob controlo governamental, onde vive cerca de 60% da população, as urnas abriram às 07:00 (05:00 em Lisboa) e vão estar abertas durante 12 horas.

Para disputar os 250 assentos no parlamento há mais de 3.500 candidatos.
De acordo com vários analistas, o resultado das eleições deve ser semelhante ao das anteriores, em maio de 2012, ou seja, uma vitória quase esmagadora do partido do Presidente sírio.

As eleições coincidem com a abertura de uma nova ronda de negociações indiretas entre o regime e a oposição, sob a mediação da ONU em Genebra.

Aliás, a estas eleições têm sido qualificadas de “ilegítimas” tanto pela oposição como pela maioria dos países ocidentais.

Só a Rússia entende que estão “em conformidade com a atual Constituição síria”.