Última hora

Última hora

Cientistas norte-americanos estabelecem ligação entre vírus Zika e microcefalia

As autoridades sanitárias dos Estados Unidos confirmaram que a infeção do vírus Zika em mulheres grávidas está ligada a casos de microcefalia e

Em leitura:

Cientistas norte-americanos estabelecem ligação entre vírus Zika e microcefalia

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades sanitárias dos Estados Unidos confirmaram que a infeção do vírus Zika em mulheres grávidas está ligada a casos de microcefalia e outros defeitos cerebrais nos bebés.

O aumento do número de casos na América do Sul e, em particular, no Brasil, já alimentava as suspeitas, mas o Centro norte-americano de Controlo e Prevenção de Doenças afirma agora que “não há qualquer dúvida”.

A doutora Sonja Rasmussen, responsável da organização, diz que “é útil poder dizer que o Zika é a causa, (…) para focar a pesquisa nas questões importantes que permanecem, como apurar o nível de risco (…), quando uma mãe foi infetada durante a gravidez”.

Nas conclusões do estudo publicado esta quarta-feira, as autoridades sanitárias norte-americanas precisam que ainda está por apurar, nomeadamente, o período da gravidez em que o risco de que um feto desenvolva microcefalia é mais elevado, no caso de uma mulher ser picada por um mosquito portador do Zika.