Última hora

Última hora

Alemanha: Parceiro de coligação contra decisão de Merkel de autorizar processo contra humorista pedido pela Turquia

O parceiro da coligação que suporta o governo alemão está contra a decisão de Angela Merkel de autorizar a abertura de um processo judicial contra o

Em leitura:

Alemanha: Parceiro de coligação contra decisão de Merkel de autorizar processo contra humorista pedido pela Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

O parceiro da coligação que suporta o governo alemão está contra a decisão de Angela Merkel de autorizar a abertura de um processo judicial contra o humorista alemão, Jan Boehmermann, pedido pela Turquia por ofensas ao Presidente Recep Tayyip Erdogan.

Point of view

Autorizar este processo por insultar um chefe de Estado estrangeiro não significa que há um pré-julgamento da pessoa afetada, nem uma decisão sobre os limites da liberdade da arte, da imprensa e de expressão. - Angela Merkel

Os ministros dos Negócios Estrangeiros, Frank-Walter Steimeier, e da Justiça, Heiko Maas, do Partido Social-Democrata são contra o que consideraram ser uma cedência a Erdogan.

“Os departamentos políticos liderados pelo SPD votaram, depois de cuidadosa consideração, contra a autorização. Devido a um empate, o voto da Chanceler foi decisivo. Somos da opinião de que a autorização para processar, de acordo com o parágrafo 104 do código penal, não deveria ter sido concedida”, afirma Steimeier.

Para a chanceler alemã a autorização concedida por Berlim não pode ser considerada como uma ameaça à liberdade de expressão. “Autorizar este processo por insultar um chefe de Estado estrangeiro não significa que há um pré-julgamento da pessoa afetada, nem uma decisão sobre os limites da liberdade da arte, da imprensa e de expressão”, assegurou Merkel.

Boehmermann, no seu programa de televisão de 31 de março, apresentou uma rábula sobre Erdogan onde fez referências sexuais como pedofilia e zoofilia e acusou o presidente de reprimir as minorias curdas e cristãs.

Na internet, circula já uma petição de apoio ao humorista. Já conta com mais de 200.000 assinaturas.