Última hora

Última hora

Brasil: Aprovada destituição de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados

Coube ao deputado Bruno Araújo, do PSDB, dar o voto nº 342 que determinou a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos

Em leitura:

Brasil: Aprovada destituição de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados

Tamanho do texto Aa Aa

Coube ao deputado Bruno Araújo, do PSDB, dar o voto nº 342 que determinou a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. Após mais de cinco horas de votação, a Câmara terminou com 367 a favor e 137 contra.

Mais de dois terços da Câmara dos Deputados do Brasil votaram pela destituição da Presidente Dilma Rousseff.

A Câmara terminou a votação com 367 a favor e 137 contra.

O processo de impeachment passa para o Senado que vai decidir se aceita a denúncia e se julga a Presidente por crime de responsabilidade. São necessários os votos de uma maioria simples de senadores, 41 em 81, para o processo ser instaurado.

Caso isso aconteça, o julgamento deve ocorrer num prazo de 180 dias e a presidência do Brasil é assumida interinamente pelo vice-presidente, Michel Temer.

Recorde-se que no processo de destituição, Dilma Rousseff é acusada de ter violado a lei orçamental, autorizando gastos suplementares sem a aprovação do Congresso e recorrendo a operações de crédito adiantadas por bancos estatais para pagar programas sociais e despesas obrigatórias do Governo.