Última hora

Em leitura:

Novak Djokovic e Serena Williams vencem prémios Laureus


Desporto

Novak Djokovic e Serena Williams vencem prémios Laureus

Novak Djokovic, o número um mundial do ténis masculino, venceu o Prémio Laureus, que distinguiu, em Berlim, na última segunda-feira, os melhores desportistas do ano.

O tenista, de 28 anos, premiado depois de um 2015 de exceção, com três vitórias em ‘Grand Slam’ e seis títulos em Masters 1000, alcançou este galardão pela segunda vez consecutiva. Djokovic tinha como “adversários nesta competição” o futebolista argentino Lionel Messi e o velocista jamaicano Usain Bolt, entre outros:

“Dedico este prémio a duas pessoas que me inspiraram, não apenas esta noite, mas ao longo das suas vidas e carreiras, de muitas formas diferentes. Quero agradecer-lhes pelo seu legado, quero agradecer-lhes pela sua sabedoria e por nos abençoarem com as suas palavras maravilhosas que vamos todos seguir, eu pelo menos vou: Niki Lauda e Johan Cruyff, muito obrigado”, agradeceu o tenista.

Niki Lauda, também distinguido, dedicou o seu galardão aos perdedores.

Na categoria de ‘Melhor Desportista Feminina’ a vencedora foi, pela terceira vez, Serena Williams, que não esteve em Berlim.

Johan Cruyff, treinador e futebolista holandês, falecido em março, foi galardoado, na cerimónia, com o Prémio ‘Espírito do Desporto’.

Os neozelandeses ‘All Blacks’, vencedores do último mundial de râguebi, receberam o prémio Laureus de ‘Equipa do Ano’.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

Desporto

Liga Portuguesa, J30: Benfica agarrado à liderança, Sporting não descola