Última hora

Última hora

Equador agradece ajuda recebida no pós-terramoto

À medida que o tempo passa, o número de mortos provocado pelo terramoto no Equador vai subindo, mas as autoridades divulgaram dados diferentes

Em leitura:

Equador agradece ajuda recebida no pós-terramoto

Tamanho do texto Aa Aa

À medida que o tempo passa, o número de mortos provocado pelo terramoto no Equador vai subindo, mas as autoridades divulgaram dados diferentes. Segundo a Procuradoria-Geral do Estado pode haver 525 vítimas mortais. O ministério da Defesa avançou que existem mais de quatro mil feridos e pelo menos 230 desaparecidos.

O presidente do Equador visitou a cidade mais afetada: Pedernales. “Queria agradecer às empresas equatorianas, aos militares e à polícia, pela sua ajuda. Também tenho de agradecer às empresas internacionais que se têm oferecido para enviar ajuda e equipamento”, afirmou Rafael Correa.

O Governo anunciou o envio de 12 mil refeições diárias para a zona afetada e o estabelecimento de um sistema de distribuição de água, alimentos e outros artigos de primeira necessidade nas Unidades de Polícia Comunitária.

A Unicef alertou que o terramoto deixou 88 mil crianças sem escola.