Última hora

Última hora

Atletismo: IAAF em Moscovo em junho para avaliar reformas

A Associação Internacional de Federações de Atletismo enviará um conjunto de peritos à Rússia para avaliar o estado das reformas prometidas depois do escândalo relacionado com a dopagem de atletas.

Em leitura:

Atletismo: IAAF em Moscovo em junho para avaliar reformas

Tamanho do texto Aa Aa

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, pela sigla em inglês) enviará um conjunto de peritos à Rússia para avaliar o estado das reformas prometidas por Moscovo depois do escândalo relacionado com a dopagem de atletas em novembro de 2015.

A delegação deverá chegar à capital federal russa dia 17 de junho.

A IAFF quer saber que novas regras existem, que novas leis foram implementadas para combater o fenómeno e, sobretudo, que novos hábitos existem a nível do atletismo profissional naquele país.

Foi em novembro do ano passado que a Rússia foi impedida de participar em quaisquer competições internacionais depois de testes realizados indicarem que atletas daquele país tinham passado por sistemas de dopagem massiva.

Mais tarde, a Agência Mundial Antidoping fez um acordo com a Moscovo.

Dois peritos independentes irão, assim, verificar se o país cumpre agora as leis internacionais na matéria

Além disso, todos os atletas russos que pretendam participar nos Olímpicos do Rio terão de submeter-se a um conjunto particular de exames, antes que qualquer decisão oficial seja tomada.

A Rússia tenta assim recuperar credibilidade antes da reunião do Conselho da IAAF, que tem lugar já neste mês de de maio.

É nesse encontro que se decidirá se os atletas russos são autorizados a competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016.

Tatyana Lysenko, campeã olímpica do lançamento de martelo, foi, no início deste mês de abril, suspensa de forma provisória devido a fortes suspeitas de dopagem.

Lysenko deu positivo após novo teste de amostras realizado nos Mundiais de 2005 em Helsínquia, Finlândia, segundo os media russos.