Última hora

Última hora

Equador anuncia medidas extraordinárias para financiar reconstrução pós-sismo

A esperança de encontrar sobreviventes é praticamente nula, enquanto o número de vítimas mortais do terramoto que abalou o Equador continua a

Em leitura:

Equador anuncia medidas extraordinárias para financiar reconstrução pós-sismo

Tamanho do texto Aa Aa

A esperança de encontrar sobreviventes é praticamente nula, enquanto o número de vítimas mortais do terramoto que abalou o Equador continua a aumentar. Há 570 mortos confirmados, milhares de feridos e 163 desaparecidos.

Há também 20 mil pessoas que ficaram sem casa, para as quais as autoridades têm de encontrar uma solução. Os trabalhos de reconstrução já começaram, mas os residentes sabem que será um processo longo. “Reconstruir a nossa vida não vai tardar dias, nem semanas, nem meses, mas anos, e infelizmente temos que sobreviver com o que as pessoas nos dão”, sublinha Richard Delgado.

Entretanto, o presidente equatoriano, Rafel Correa, anunciou medidas extraordinárias para ajudar a financiar a reconstrução: “Durante um ano vamos cobrar um imposto único de 0,9% sobre os indivíduos com um património superior a um milhão de dólares. Também decidimos cobrar um dia de salário aqueles que ganham mais de mil dólares por mês”

Cerca de 13 toneladas de alimentos foram distribuídas, mas os sobreviventes queixam-se da falta de comida.

Centenas de caixões foram doados por agências funerárias.