Última hora

Última hora

Fãs de Prince choram a morte de um "pioneiro"

Em leitura:

Fãs de Prince choram a morte de um "pioneiro"

Tamanho do texto Aa Aa

A morte da estrela do pop Prince provocou uma onda de tristeza. Fãs do músico norte-americano já estão em frente do estúdio e casa de Paisley Park, em Chanhassen, no Minesotta, para prestar homenagem a Prince.

“Não posso acreditar que é verdade, eu simplesmente não posso acreditar que ele se foi, eu não consigo respirar, não consigo nem falar,” afirmou uma fã em lágrimas.

Na semana passada Prince tinha sido hospitalizado de emergência, mas, na noite de sábado, deu uma festa em Paisley Park e fez uma breve aparição para mostrar aos fãs que estava bem.

“Sinto-me honrado por ter estado aqui no sábado à noite. Senti, realmente, que ia ser ótimo, que íamos fazer isto por muitos anos. Mas agora, ele deixou-nos. Neste momento estou como que meio dormente,” declarou um fã que se tinha deslocado até Paisley Park.

A notícia da morte repentina de Prince, que foi encontrado inconsciente na sua propriedade, na quinta-feira, também chocou nova-iorquinos.

“Ele era o meu herói. Nós crescemos com ele. Lembro-me de quando ele começou a cantar, ele era diferente dos outros. É um dia triste,” revelou um fã nova-iorquino.

“É muito triste. É um dia muito triste. Ele foi um pioneiro na música. Nós vamos definitivamente, a música vai, definitivamente, sentir falta dele,” disse uma fã em Times Square.

No último concerto, quinta-feira da semana passada, em Atlanta, Prince tinha dito aos fãs para não desperdiçarem orações e aguardarem alguns dias.

Prince atuou por quatro vezes em Portugal. A primeira foi em 1993, no Estádio José de Alvalade, em Lisboa, em 1998, voltou à capital portuguesa para se apresentar no então Pavilhão Atlântico, atual MeoArena. Em 2010, quando visitou o estúdio de Rui Veloso, atuou no Festival Super Bock Super Rock, no Meco, no qual partilhou o palco com a sua amiga, Ana Moura. O último concerto de Prince em Portugal foi em 2013, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Prince Rogers Nelson tinha 57 anos.