Última hora

Última hora

EUA: Volkswagen concorda pagar mais de 10 mil milhões de euros

A Volkswagen chegou a um acordo de princípios com as autoridades dos Estados Unidos da América sobre os veículos que foram afetados pela fraude nos

Em leitura:

EUA: Volkswagen concorda pagar mais de 10 mil milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

A Volkswagen chegou a um acordo de princípios com as autoridades dos Estados Unidos da América sobre os veículos que foram afetados pela fraude nos testes relacionados com as emissões poluentes.

Segundo o anúncio do juiz Charles Breyer, de São Francisco, “o acordo preliminar inclui compensações substanciais para os consumidores afetados pela adulteração dos motores e a criação de um fundo com o qual a Volkswagen se compromete a promover iniciativas ecológicas no setor automóvel”.

O grupo alemão ter-se-á comprometido a readquirir 480.000 veículos.

Segundo fontes citadas pela Reuters, o acordo irá custar à Volkswagen mais de 10 mil milhões de dólares, o equivalente a 8,8 mil milhões de euros.

O juiz Breyer definiu que as partes têm até ao dia 21 de junho para apresentar propostas preliminares sobre a resolução. De seguida, o acordo fica em consulta pública e só depois será promulgado.

O grupo automobilístico alemão evita, assim um processo judicial nos Estados Unidos.

Na Europa situação está longe de estar resolvida pois não estão previstas quaisquer indemnizações.