Última hora

Última hora

FMI: Países do Golfo têm de adaptar-se à queda do preço do petróleo

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que, devido ao recuo do preço do crude, os países produtores do Médio Oriente perderam no ano passado

Em leitura:

FMI: Países do Golfo têm de adaptar-se à queda do preço do petróleo

Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que, devido ao recuo do preço do crude, os países produtores do Médio Oriente perderam no ano passado quase 400 mil milhões de dólares e, este ano, deverão perder mais 150 mil milhões.

O organismo internacional avisa que os seis países do Conselho de Cooperação do Golfo têm de adaptar-se à queda do preço do crude.

Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Koweit, Omã e Qatar têm de diversificar as fontes de receitas e reduzir as despesas. “Isso começa a afetar não apenas as finanças, mas também a economia” dos seis países, acrescentou Masood Ahmed, diretor geral do FMI para o Médio Oriente.

O responsável do FMI revelou as novas previsões económicas para a região. O PIB das seis economias deverá progredir 1,8% este ano, contra 3,3% no ano passado.