Última hora

Última hora

Sudão do Sul: Líder rebelde assume vice-presidencia

O líder rebelde do Sudão do Sul, Riek Machar, foi empossado vice-presidente em Juba, no quadro do acordo de paz assinado em 2015 para acabar com dois

Em leitura:

Sudão do Sul: Líder rebelde assume vice-presidencia

Tamanho do texto Aa Aa

O líder rebelde do Sudão do Sul, Riek Machar, foi empossado vice-presidente em Juba, no quadro do acordo de paz assinado em 2015 para acabar com dois anos de uma devastadora guerra civil.

À chegada à capital Juba, foi recebido e cumprimentado por ministros e diplomatas.

O Presidente Salva Kiir esteve presente na cerimónia.

Machar fez referência aos principais desafios dos próximos tempos.

“Os quatro desafios que vejo são: Estabilizar a segurança, estabelecer a economia, ter acesso à ajuda humanitária e então o processo de reconciliação nacional. Por isso, estou satisfeito por aqui estar”, declarou.

Riek Machar já tinha ocupado o cargo de vice-presidente entre julho de 2011, data da independência do país, e julho de 2013, quando foi demitido pelo presidente Kiir.

Em 2013, começaram os combates.

Seguiram-se massacres, violações, torturas e dezenas de milhares de mortos e mais de 2,3 milhões de deslocados.

A paz foi assinada em agosto de 2015.