Última hora

Última hora

O inferno no Pacífico: Os refugiados esquecidos

Em leitura:

O inferno no Pacífico: Os refugiados esquecidos

Tamanho do texto Aa Aa

As vozes do outro lado da linha são de Behrouz e Omar, dois refugiados iranianos detidos na Ilha de Manus, no Pacífico Sul. Tal como muitos outros, arriscaram a vida em intermináveis viagens de barco rumo à Austrália. Mas acabaram isolados do mundo, sem nenhuma alternativa para onde ir.*

Alguns meses depois de o governo australiano ter implementado uma lei que permite a transferência de requerentes de asilo para ilhas remotas no Pacífico, em 2013, eclodiram protestos nos centros de detenção criados. Este filme de animação conta o percurso de dois dos detidos em Manus, na Papua Nova Guiné. Através de excertos das conversas que gravámos, eles contam-nos como fugiram da perseguição política no Irão, para enfrentar agora outro tipo de repressão, o suicídio de alguns dos que conhecem e a revolta dos habitantes locais, que os veem como uma ameaça a uma ilha já depauperada.

Das quase duas mil pessoas que foram colocadas nestes centros, nenhuma obteve a autorização para entrar na Austrália.

Este documentário é apresentado pela 99, uma plataforma online que divulga obras originais em seis línguas. Descubra-nos aqui

CC-BY-ND / 99.media / Lukas Schrank