Última hora

Última hora

O último "stand-up" de Obama no jantar de correspondentes

É uma tradição incontornável. Esta foi a última vez que Barack Obama presidiu ao jantar de correspondentes na Casa Branca. Talvez por isso as tiradas

Em leitura:

O último "stand-up" de Obama no jantar de correspondentes

Tamanho do texto Aa Aa

É uma tradição incontornável. Esta foi a última vez que Barack Obama presidiu ao jantar de correspondentes na Casa Branca. Talvez por isso as tiradas tenham sido ainda mais incisivas. Aqui ficam algumas delas:

“Para o ano, estará outro aqui. Ninguém sabe quem ela será…”

“O apelo de Hillary aos jovens eleitores é tão constrangedor como ter um parente mais velho que acaba de entrar no Facebook…”

“Bernie Sanders brilha como um milhão de dólares. Ou melhor, 37 mil donativos de 27 dólares cada.”

A ausência de Donald Trump foi explicada por, provavelmente, “estar em casa a mandar tweets insultuosos a Angela Merkel.”

“Dizem que Trump não tem qualificações a nível de política externa. Mas, durante anos, andou no meio de líderes mundiais como a Miss Suécia, a Miss Argentina ou a Miss Azarbaijão.”

“Há oito anos, era um jovem cheio de vigor e idealismo. Agora, sou um velho grisalho que conta os dias para o fim.”

“Alguns líderes estrangeiros já anteciparam a minha partida. Na semana passada, o príncipe George recebeu-me em roupão…”