Última hora

Última hora

"Papa: Hemingway in Cuba": primeira obra de Hollywood rodada em Cuba desde 1959

Em leitura:

"Papa: Hemingway in Cuba": primeira obra de Hollywood rodada em Cuba desde 1959

Tamanho do texto Aa Aa

“Papa: Hemingway in Cuba” é o primeiro filme de Hollywood rodado em Cuba desde a revolução de 1959. A obra retrata o período em que o escritor

“Papa: Hemingway in Cuba” é o primeiro filme de Hollywood rodado em Cuba desde a revolução de 1959.

Point of view

Um dos aspetos interessantes foi perceber que a ética de trabalho dos cubanos é diferente da dos norte-americanos. Nas nossas produções, trabalha-se entre 14 e 16 horas por dia. Os técnicos cubanos são pessoas talentosas e apaixonadas pelo cinema mas estão habituados a trabalhar de forma mais lenta.

A obra retrata o período em que o escritor norte-americano viveu na ilha entre 1939 e 1960.

“O filme conta a histórica verídica de um jovem repórter amigo de Mary e Ernest Hemingway que convive com o escritor e que se torna quase como um filho, nos últimos dois anos em que Hemingway viveu em Cuba. Através do olhar desse jovem repórter, podemos ver um lado privado e pessoal do escritor que ele não deixava que o público conhecesse”, contou o realizador Bob Yari.

A rodagem decorreu em 2013 e 2014, ainda antes do anúncio do restabelecimento das relações diplomáticas entre Cuba e os Estados Unidos.

“A falta de infraestruturas e de equipamentos foi um grande desafio. Um dos aspetos interessantes foi perceber que a ética de trabalho dos cubanos é diferente da dos norte-americanos. Nas nossas produções trabalha-se entre 14 e 16 horas por dia. Os técnicos cubanos são pessoas talentosas e apaixonadas pelo cinema mas estão habituados a trabalhar de forma mais lenta”, acrescentou o realizador.

“Papa: Hemingway in Cuba” acaba de chegar às salas de cinema norte-americanas e não tem data de lançamento prevista em Portugal.