Última hora

Última hora

Rússia quer estender trégua a Aleppo

Após o encontro em Moscovo com o enviado da ONU para a Síria, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, espera um cessar-fogo

Em leitura:

Rússia quer estender trégua a Aleppo

Tamanho do texto Aa Aa

Após o encontro em Moscovo com o enviado da ONU para a Síria, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, espera um cessar-fogo em Aleppo “nas próximas horas”.

A segunda maior cidade da Síria, tem sido palco de intensos confrontos entre as forças do regime e grupos da oposição, apesar da trégua instaurada a 27 de fevereiro.

“Estamos a chegar ao fim das negociações entre as forças russas e norte-americanos para um cessar-fogo em Aleppo, e espero que muito em breve, talvez nas próximas horas, esta decisão seja anunciada.”

No início do encontro, segundo imagens transmitidas pela televisão russa, o enviado especial das Nações Unidas elogiou o “êxito notável” que foi a declaração da trégua e apelou à Rússia e aos Estados Unidos que contribuam para que o cessar-fogo seja “recolocado nos carris”.

Lavrov repetiu por seu lado que “não há alternativa a uma solução política para a crise síria” e saudou os esforços de Mistura para negociar um fim para o conflito que já matou mais de 270.000 pessoas desde 2011.

Staffan de Mistura reuniu-se hoje com Lavrov e, na segunda-feira, com John Kerry, o secretário de Estado norte-americano, numa tentativa de salvar a trégua.