Última hora

Última hora

Síria: Regime confirma que vai respeitar cessar-fogo em Alepo

O regime sírio soma-se à trégua de 48 horas em Alepo, anunciada por Estados Unidos e Rússia. Damasco anunciou que vai cumprir o cessar-fogo que se

Em leitura:

Síria: Regime confirma que vai respeitar cessar-fogo em Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

O regime sírio soma-se à trégua de 48 horas em Alepo, anunciada por Estados Unidos e Rússia.

Damasco anunciou que vai cumprir o cessar-fogo que se iniciou à uma da manhã na cidade dividida entre rebeldes e forças do regime.

Reunidos em Washington, os responsáveis da diplomacia da UE e dos Estados Unidos saudaram a extensão da trégua de fevereiro à região de Alepo.

Segundo John Kerry: “Assistimos já a uma diminuição da violência nestas áreas, mesmo que continuem a haver relatos de confrontos em algumas zonas, o que não nos surpreende pois a trégua só entrou em vigor à meia-noite e estamos ainda no processo de comunicação”.

Federica Mogherini assegurou, por seu lado, “a União Europeia vai continuar a trabalhar no terreno para distribuir ajuda humanitária e também a trabalhar ao nível diplomático para que a retoma das discussões de Genebra permita uma transição e uma mudança política”.

O acordo tenta pôr fim a dez dias de bombardeamentos e confrontos que provocaram a morte de mais de 280 pessoas, em zonas civis e vários hospitais de Alepo.

Um cessar-fogo essencial para a retoma das negociações de paz entre oposição e regime, previstas para a próxima terça-feira em Genebra.

O reacender dos combates em Alepo tinha levado a oposição a abandonar a última ronda de discussões. Em cima da mesa está um processo de transição política que prevê a convocação de novas eleições na Síria até Setembro do próximo ano.