Última hora

Em leitura:

Judo: Grande Slam de Baku é a derradeira oportunidade para chegar ao Rio


Desporto

Judo: Grande Slam de Baku é a derradeira oportunidade para chegar ao Rio

“Os judocas, nesta altura, só pensam numa coisa: Rio de Janeiro. O Grande Slam de Baku é a última oportunidade para os mais atrasados e para os que querem tornar-se cabeças de série.

O Grande Slam vale 500 pontos para cada vencedor, ou seja, um bilhete de avião quase garantido para os Jogos Olímpipos. Por isso há tantos inscritos, 449 no total, 280 homens e 169 mulheres”, como explica o reporter da euronews Pedro Lasuen.

Na jornada inaugural do Grande Slam de Judo de Baku, no Azerbaijão, na categoria de -66 kg, o russo Mikhaïl Pulyaev, número quatro do mundo, conquistou a medalha de ouro com apenas 29 segundos de combate. Derrotou o atleta do Cazaquistão Azamat Mukanov.

Nesta categoria, o luso-moldavo Sergiu Oleinic foi afastado logo ao primeiro combate. Mas está virtualmente qualificado para os Jogos do Rio.

O bronze também em -66 kg foi conquistado pelo atleta da casa Tarlan Karimov que derrotou o belga Kenneth Van Gansbeke por ippon.

Neste dia dedicado às categorias menos pesadas, Nuno Carvalho, nos -60 kg, perdeu na estreia, frente ao turco Ozlu Bekir.

No setor feminino, na final de -57 kg, a japonesa Tsukasa Yoshida bateu a britânica Nekoda Smythe Davis.

A portuguesa Joana Ramos, 13.ª na qualificação dos -52 kg para o Rio de Janeiro, perdeu com a judoca mongol Bundmaa Munkhbaatar.

Este sábado entram em competição mais cinco portugueses: Ana Cachola (-63 kg), André Alves e Nuno Saraiva (-73 kg), Carlos Luz e Diogo Lima (-81 kg). No domingo será a vez de Yahima Ramirez (-78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).

Surpresa do dia
Destaque para o cabeça de série e numéro 1 mundial nos -60 kg, Orkhan Safarov que foi eliminado pelo japonês Ryuju Nagayama. Este foi o primeiro torneio no escalão de séniores em que o japonês participou e chegou mesmo à final.

Ação do dia
Um ippon do judoca do Uzebequistão Diyorbek Urozboev em -60kg contra o atleta de Hong Kong Yu Kin Ting. Um verdadeiro arremesso feito por Urozboev.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

Desporto

Volta a Itália: Tom Dumoulin é o primeiro a vestir a camisola rosa no Giro