This content is not available in your region

Canadá: Incêndio gigantesco consome duas mil habitações e provoca 80 mil deslocados

Access to the comments Comentários
De  Miguel Roque Dias  com Reuters; AFP; Lusa
Canadá: Incêndio gigantesco consome duas mil habitações e provoca 80 mil deslocados

<p>Um incêndio de gigantescas proporções, e ainda por controlar, obrigou à evacuação da cidade petrolífera de Fort McMurray, na província canadiana de Alberta. </p> <p>Cerca de 80 mil pessoas foram obrigadas a deixar para trás todos os seus pertences. Mais de duas mil habitações foram, já, consumidas pelas chamas. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Owners of home in <a href="https://twitter.com/hashtag/FortMcMurray?src=hash">#FortMcMurray</a> had to watch their home burn via webcam (<span class="caps">VIDEO</span>) <a href="https://t.co/XeBuKkfsmi">https://t.co/XeBuKkfsmi</a> <a href="https://t.co/EDLnwcJQ7u">pic.twitter.com/EDLnwcJQ7u</a></p>— RT (@RT_com) <a href="https://twitter.com/RT_com/status/728880373208371200">May 7, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Os incêndios lavram desde 1 de maio e, de acordo com as autoridades, já consumiram mais de 100.000 hectares, o equivalente a 100.000 campos de futebol.</p> <p>A combater os 40 fogos ativos, 5 “fora de controlo”, estão 1200 bombeiros apoiados por 110 helicópteros e 27 aviões de combate a incêndios.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">A group trying to rescue animals from the fires around Fort McMurray wait at road block in Alberta, Canada <a href="https://t.co/c6yNYIRf30">pic.twitter.com/c6yNYIRf30</a></p>— <span class="caps">AFP</span> news agency (@AFP) <a href="https://twitter.com/AFP/status/728811377561763840">May 7, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>As autoridades criaram centros de acolhimento e alocaram já 100 milhões de dólares canadianos, o equivalente a 68 milhões de euros, para fazer face às necessidades mais urgentes dos deslocados.</p> <p>“É uma coisa nunca vista!”, exclama um canadiano.</p> <p>Outra canadiana não sabe se “a nossa casa continua de pé. A minha cunhada perdeu a casa, ontem. Ardeu. Estamos gratos por estarmos todos juntos.”</p> <p>Com as temperaturas a subir, as autoridades estimam que o incêndio possa duplicar de tamanho, este sábado.</p> <p>Para domingo estão previstas chuvas, na região, o que pode ajudar no combate ao sinistro.</p>