This content is not available in your region

China revela queda das exportações e importações

Access to the comments Comentários
De  Patricia Cardoso  com Reuters
China revela queda das exportações e importações

<p>Os números do comércio da China desiludem. </p> <p>Em abril, as exportações recuaram 1,8%, em termos anuais. Já as importações afundaram 10,9%. É o décimo oitavo mês de queda consecutiva das importações, pondo em evidência a fraca procura interna, apesar da subida do investimento e do crédito no primeiro trimestre. </p> <p>A China viu recuar fortemente as exportações para os Estados Unidos. Para a União Europeia, as vendas subiram mais de três por cento. </p> <p>Apesar dos dados, o excedente da balança comercial chinesa subiu e atinge 45,5 mil milhões de dólares. </p> <p>Pequim procura relançar as exportações, através de incentivos ao crédito bancário graças a mais um corte nas taxas de juro.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/China?src=hash">#China</a> anuncia medidas para impulsionar exportações <a href="https://t.co/w9gSQePfKo">https://t.co/w9gSQePfKo</a></p>— <span class="caps">EMRONDONIA</span>.COM (@emrondonia) <a href="https://twitter.com/emrondonia/status/729703026957668352">9 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>