Última hora

Última hora

Filipinas: O polémico Rodrigo Duterte apontado como o futuro presidente

O polémico candidato Rodrigo Duterte está prestes a vencer as eleições presidenciais, de domingo, nas Filipinas Depois de apurados 63% dos votos

Em leitura:

Filipinas: O polémico Rodrigo Duterte apontado como o futuro presidente

Tamanho do texto Aa Aa

O polémico candidato Rodrigo Duterte está prestes a vencer as eleições presidenciais, de domingo, nas Filipinas

Depois de apurados 63% dos votos, Duterte, de 71 anos e presidente da Câmara Municipal da cidade de Davao, lidera com 38,92%.

O candidato populista fez uma campanha repleta de provocações onde defendeu que era necessário “esquecer as leis sobre os Direitos Humanos” e “eliminar os criminosos” pois só assim se erradica a pobreza.

Duterte ainda não reivindicou a vitória, esperando pelos resultados finais. O candidato diz que depois de uma campanha com uma “troca de acusações falsas”, está disposto a estender a mão aos adversários e “dar início ao processo de cura. “

Em segundo lugar surge a senadora Grace Poe que, até agora, conquistou 22,14% dos votos.

O sistema eleitoral filipino não prevê uma segunda volta. O candidato que tiver o maior número de votos, mesmo sem maioria absoluta, garante a presidência do arquipélago.

No domingo, os cerca de 52 milhões de eleitores filipinos votaram, também, para escolher a vice-presidência e outros cargos locais.

O senador Ferdinand Marcos Jr., filho do antigo ditador filipino, é apontado como o favorito para ocupar o cargo de vice-presidente. Bongbong, como é conhecido, venceu na província de LLocos, no norte, um bastião controlado pela sua família.

A economia das Filipinas tem crescido, em média, 6% anualmente, nos últimos anos, no entanto 25% da população vive abaixo do limiar da pobreza.

O fosso social aumentou e o voto em Rodrigo Duterte é visto como um castigo para as elites que governaram o país nos últimos 30 anos.