Alemanha: Produção industrial recua em março

Access to the comments Comentários
De  Patricia Cardoso  com Reuters, Ansa
Alemanha: Produção industrial recua em março

<p>Desaceleração da produção industrial na Alemanha. Em março, a produção recuou 1,3%. É a maior queda desde agosto de 2014, segundo os dados do governo. Em fevereiro, a queda tinha sido de 0,7%. </p> <p>A queda é minimizada pela subida das encomendas industriais no mês de abril. </p> <p>No conjunto do primeiro trimestre, a produção acelerou 1,8% face ao final de 2015. </p> <p>Em termos de exportações, as vendas ao exterior da Alemanha progrediram 1,9%. Já as importações recuaram 2,3 por cento. O excedente comercial alemão atinge o valor recorde de 23,6 mil milhões de euros.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Germany posted a record current-account surplus just days after being placed on a U.S. FX manipulation watchlist</p>— zerohedge (@zerohedge) <a href="https://twitter.com/zerohedge/status/729986130817454080">10 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Apesar dos dados mistos, os analistas estimam que a economia alemã cresceu 0,6% no primeiro trimestre. E a tendência deverá manter-se no segundo trimestre. </p> <p>Os dados do <span class="caps">PIB</span> serão publicados esta semana. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="fr" dir="ltr">Allemagne: l'économie se dirige vers un premier trimestre satisfaisant <a href="https://t.co/41fDwbWcTA">https://t.co/41fDwbWcTA</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/AFP?src=hash">#AFP</a></p>— Benoît Toussaint (@bntoussaint) <a href="https://twitter.com/bntoussaint/status/730005479884247041">10 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>