Última hora

Em leitura:

Paulo Bento no Brasil: 690 dias após pesadelo na "Copa", o sonho no Cruzeiro

Desporto

Paulo Bento no Brasil: 690 dias após pesadelo na "Copa", o sonho no Cruzeiro

Publicidade

Paulo Bento está de regresso ao Brasil, por motivos profissionais, 690 dias depois de ter deixado as terras de Vera Cruz de cabeça baixa após ter liderado Portugal numa das piores participações em fases finais de Mundiais de futebol. O ex-treinador do Sporting e da seleção nacional foi anunciado esta quarta-feira, 11 de maio, como novo treinador do Cruzeiro de Belo Horizonte, 8.° classificado do último Brasileirão.


Paulo Bento é esperado segunda-feira, 16 de maio, na Toca da Raposa II, o centro de treinos do emblema de Belo Horizonte — um dia depois da estreia do “time” de Minas Gerais se estrear no Brasileirão em Coritiba. O treinador português sucede no cargo ao brasileiro Deivid, 10 anos mais novo, cuja estreia como técnico principal durou apenas 16 jogos e acabou após a eliminação da “Raposa” nas meias-finais do Campeonato Mineiro a 24 de abril.

Tal como Paulo Bento, curiosamente, Deivid passou pelo Sporting como jogador. O antigo avançado brasileiro chegou a Alvalade pela mão de José Peseiro, em agosto de 2005, e foi depois treinado por Paulo Bento durante 8 meses até se mudar para a Turquia e ingressar no Fenerbahce. No Cruzeiro, foi adjunto de Vanderlei Luxemburgo durante pouco mais de dois meses e depois também de Mano Menezes. Em dezembro, passou a treinador principal, mas não aguentou seis meses.


 

Palmarés de Paulo Bento

  • 2 títulos de juniores (sub-19), Sporting
    (2004/05, 2005/2006)
  • 2 Taças de Portugal, Sporting
    (2006/07, 2007/08)
  • 2 Supertaça de Portugal, Sporting
    (2007/08, 2008/09)

Aos 46 anos, Paulo Bento assume agora o segundo clube na carreira de treinador depois de ter estreado à frente dos juniores do Sporting em 2004, de ter assumido a equipa principal dos “leões” a 23 de outubro de 2005.

O treinador liderou os leões até novembro de 2009. Pelo meio, colocou o Sporting a discutir títulos e ao mesmo tempo lançou vários jovens hoje pedras basilares da seleção portuguesa como Rui Patrício ou Nani. Após o Mundial de 2010, assumiu a seleção de Portugal e conduziu Cristiano Ronaldo e companhia às meias-finais do Euro’2012.

A participação no Mundial do Brasil, no qual arrancou com a sofrer uma goleada diante da Alemanha (0-4) e acabou por não passou da fase de grupos, somado à derrota em casa com a Albânia a abrir a “corrida” ao Euro’2016 precipitaram o final de um contrato que havia renovado até julho deste ano com a Federação Portuguesa de futebol.

Há quase dois anos no desemprego, Bento mudou entretanto de representante, deixou a Gestifute, do “súper agente” Jorge Mendes (Cristiano Ronaldo, José Mourinho), e assinou com a ProEleven, de Carlos Gonçalves.


Segue-se agora nova etapa num clube. Paulo Bento havia afirmado há poucos dias o desejo de “voltar em breve” ao trabalho, mas “não queria entrar num projeto a meio”. “Vem aí o início da temporada e espero estar de regresso na próxima época”, disse o treinador em entrevista exclusiva ao BloGolo, uma publicação digital difundida na internet pela France Football.


De acordo com o site SuperEsportes, Paulo Bento não foi a primeira escolha. O português terá passado a prioridade do clube para suceder a Deivid depois das recusas dos brasileiros Jorginho, Marcelo Oliveira e Ricardo Gomes.


As negociações com Paulo Bento aconteceram em Portugal através do diretor de futebol do Cruzeiro, Thiago Scuro, e do vice-presidente do clube de Belo horizonte, Bruno Vicintin. O contrato até final de ano de 2017. Sondagens realizadas por dois jornais brasileiros sobre a contratação de Paulo Bento pelo Cruzeiro aprovam a entrada do treinador português na Toca da Raposa.

Às 13 horas desta quinta-feira (hora de Lisboa), no GloboEsporte, 88,71 por cento estavam satisfeitos com a contratação; no SuperEsportes, 71 por cento de 13.622 votantes também aprovava a entrada do português na “Raposa”.


>




Artigo seguinte