Última hora

Em leitura:

Prejuízo da Sharp continua a crescer

empresas

Prejuízo da Sharp continua a crescer

Publicidade

Os prejuízos da Sharp agravaram-se no último ano fiscal, que terminou em março. A companhia nipónica de produtos eletrónicos encerrou o exercício com perdas líquidas superiores a 2.000 milhões de euros, um prejuízo substancialmente maior do que esperavam os analistas.

Nos últimos cinco anos, a Sharp acumulou prejuízos superiores a 10.500 milhões de euros e afirma agora que o passivo é superior aos ativos da companhia em cerca de 250 milhões de euros.

É mais uma dor de cabeça para a Foxconn, empresa que fez fortuna a montar dispositivos para terceiros, incluído para a Apple, e que vai assumir o controlo da Sharp em outubro.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas