Última hora

Em leitura:

Síria: Estado Islâmico isola Palmira

mundo

Síria: Estado Islâmico isola Palmira

Publicidade

O grupo extremista Estado Islâmico volta a inflingir um duro golpe ao exército sírio, menos de uma semana depois do regime de Bashar al-Assad e da Rússia aliada celebrarem a reconquista de Palmira.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, os “jihadistas” conseguiram cortar, esta terça-feira, a estrada estratégica que liga a cidade histórica do centro do país a Homs, a oeste.

Em Alepo, no norte da Síria, a calma regressou esta quarta-feira depois de uma noite de bombardeamentos. Mas a violência ameaça regressar rapidamente, já que a frágil trégua parcial – várias vezes violada – expirava à meia-noite de hoje.

O anterior cessar-fogo, instaurado a 27 de fevereiro sob a égide da Rússia e dos Estados Unidos, tinha caído definitivamente por terra a 22 de abril, com o regresso dos violentos combates a Alepo, que fizeram cerca de 300 mortos até à declaração de uma nova cessação das hostilidades entre o regime e os rebeldes, a 5 de maio.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte