Última hora

Rússia nega programa de dopagem supervisionado pelo próprio Governo

O Kremlin já negou as acusações de que a Rússia tenha utilizado um programa de dopagem supervisionado pelo próprio Governo nos últimos Jogos

Em leitura:

Rússia nega programa de dopagem supervisionado pelo próprio Governo

Tamanho do texto Aa Aa

O Kremlin já negou as acusações de que a Rússia tenha utilizado um programa de dopagem supervisionado pelo próprio Governo nos últimos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014. Foi o ministro do Desporto, Yury Nagornykh, que desmentiu a reportagem publicada pelo New York Times: “O desporto russo e a Federação Russa não têm qualquer tipo de programa de dopagem e nunca tiveram um antes ou durante os Jogos Olímpicos em Sochi”.

Segundo o jornal norte-americano, terão sido beneficiados dezenas de atletas, entre eles pelo menos 15 medalhados. Alexander Zubkov, que ficou na história dos Jogos Olímpicos de Inverno como o sexto piloto a conquistar a “dobradinha” em bobsleigh, desmente: “Isto difama o meu nome no mundo do Desporto, nesta elite mundial… Destrói o que fiz nos últimos 15 anos. Jamais fui acusado de ter violado a campanha da Agência Mundial Anti-Dopagem”.

As denúncias foram feitas pelo antigo responsável do laboratório russo de controlo antidopagem. Grigory Rodchenkov revelou que pelo menos cem amostras de urina que poderiam não passar nos controlos foram substituídas por outras “limpas” durante os Jogos Olímpicos de Sochi.