Última hora

Em leitura:

Brasil: Dilma Roussef diz que vai lutar para voltar ao governo

mundo

Brasil: Dilma Roussef diz que vai lutar para voltar ao governo

Publicidade

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que enfrenta um processo de afastamento, afirma que vai lutar para voltar ao governo.

Dilma aproveitou um encontro com jornalistas da imprensa estrangeira, esta sexta-feira, em Brasília, para afirmar que o governo do presidente interino do país, Michel Temer era “provisório” e “ilegítimo”.

“O que tem hoje no Brasil é um governo provisório, um governo interino, e uma presidente eleita por 54 milhões. Você tem um governo, portanto, interino e ilegítimo, do ponto de vista dos seus votos. Nós lutaremos para voltar,” afirmou a chefe de Estado no encontro com jornalistas da imprensa estrangeira.

No Rio de Janeiro, milhares de pessoas vieram para a rua protestar contra o governo do presidente interino, Michel Temer, e contra a decisão do Senado de afastar Dilma Roussef, a presidente eleita.

Nos próximos seis meses, o Senado brasileiro vai julgar Dilma Rousseff por suspeita de irregularidades orçamentais.

O processo será presidido por um juiz do Supremo Tribunal Federal, mas a chefe de Estado só será afastada definitivamente se for condenada por uma maioria de dois terços dos membros do tribunal.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte