Última hora

Em leitura:

Iraque: EI reivindica ataque contra fábrica de gás

mundo

Iraque: EI reivindica ataque contra fábrica de gás

Publicidade

No Iraque, o grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria de um ataque contra uma fábrica estatal de gás de consumo doméstico.

Pelo menos 11 pessoas morreram incluindo vários polícias.

O ataque teve lugar num subúrbio situado a norte da capital, iraquiana, Bagdade.

O assalto envolveu um veículo armadilhado e um segundo veículo onde seguiam pelo menos seis atacantes equipados com coletes explosivos.

Os atacantes conseguiram fazer explodir um dos seis tanques do complexo.



“A situação foi controlada pelas forças de segurança que desativaram os canos de abastecimento. Os seguranças estavam lá. Mataram dois bombistas suicida e três outros fizeram-se explodir”, afirma o Brigadeiro General Saad Maan, porta-voz do Ministério iraquiano do Interior.

Esta semana, ataques levados a cabo por extremistas, que controlam territórios no norte e oeste do Iraque, já provocaram cerca de uma centena de vítimas.

Segundo o primeiro-ministro, Haider al-Abadi, os extremistas estariam a aproveitar a crise política que o país atravessa devido à tentativa de abolição do sistema de governação com base em quotas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte