Última hora

Em leitura:

Brasil: Temer encontra-se com sindicatos para debater reformas na segurança social

mundo

Brasil: Temer encontra-se com sindicatos para debater reformas na segurança social

Publicidade

O Presidente interino do Brasil, Michel Temer, chegou esta segunda-feira (16) a um acordo com as principais forças sindicais da primeira economia da América Latina para criar um projeto de reforma do sistema de segurança social (Previdência) em 30 dias, numa tentativa de estabilizar a produtividade e a imagem internacional do país.

Um encontro que foi, no entanto, ignorado pela mais importante confederação sindical brasileira, a Confederação Única dos Trabalhadores (CUT), próxima do Partido dos Trabalhadores (PT), da Presidente Rousseff e do antigo Presidente Lula da Silva. Ainda assim, os dois sindicatos presentes acordaram em formar um grupo de trabalho que terá agora 30 dias para encontrar soluções para uma reforma estrutural que se prevê muito ambiciosa.

Uma das medidas que mais polémica tem causado é a possibilidade do aumento da idade da reforma (aposentadoria) dos trabalhadores. Segundo a Agência Brasil, as centrais sindicais brasileiras dizem que há, alternativas de financiamento da Previdência sem ser o aumento da idade da reforma, como o aumento dos descontos para o Estado e a criação de impostos por meio da legalização dos jogos de azar.

De resto, as centrais sindicais brasileiras opõem-se, ao princípio das reformas desejadas por Temer, o que poderia deixar o governo conservador isolado no diálogo social.

Segundo António Netto, da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Temer não chegou a tomar qualquer posicionamento durante o encontro. Para Netto, o presidente em funções está com muita pressa e apenas quer um plano em 30 dias.

Temer assumiu o poder na semana passada depois do Senado (Câmara alta) ter votado a suspensão da Presidente Dilma Rousseff, eleita democraticamente, e prometeu importantes reformas no aparelho de Estado, nomeadamente no que ao sistema de impostos, idade da reforma (aposentadoria no Brasil) e de contribuições sociais.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte