Última hora

Em leitura:

Líbia: Facções rivais conseguem acordo para produção de petróleo

mundo

Líbia: Facções rivais conseguem acordo para produção de petróleo

Publicidade

No complexo panorama político líbio, as facções rivais concordaram em organizar o processo de produção de petróleo num país dilacerado por inúmeros conflitos.

O ministro líbio dos Negócios Estrangeiros acredita que as exportações de petróleo vão começar de novo.

As autoridades governamentais de leste e oeste concordaram com a criação de uma empresa, uma sociedade de investimento e um banco central para dar pernas ao projeto.

Deste modo, a Líbia, membro da OPEP, vai retomar a produção e a exportação de petróleo do porto de Marsa El Hariga, após acordo alcançado nas negociações em Viena entre funcionários petrolíferos rivais representando os dois governos rivais do país, leste e oeste.

As exportações de Marsa El Hariga foram bloqueadas por duas semanas devido a um impasse entre as empresas petrolíferas nacionais rivais.

O Ocidente procura apoiar a estabilização da Líbia para acabar gradualmente com a anarquia armada e ao mesmo tempo poder combater os militantes do grupo estado islâmico, assim como travar novos fluxos de migrantes provenientes de todo o Mediterrâneo para a Europa.

A Líbia mergulhou no caos após a queda e morte de Muammar Gaddafi há cinco anos e transformou num campo de batalha entre milícias rivais que lutam pelo poder.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte