Última hora

Em leitura:

EgyptAir: Egito prepara operações de busca

mundo

EgyptAir: Egito prepara operações de busca

Publicidade

A França e o Egito exprimem condolências aos familiares das 66 vítimas do voo Paris-Cairo que se despenhou na madrugada desta quinta feira, no Mar Meditârreneo, entre os passageiros estão 30 egípcios, 15 franceses, um português entre outras nacionalidades.

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros declarou:
“Obviamente, imaginamos a angústia das famílias, entre elas quinze de França, a primeira prioridade, claro, é informar as famílias. A célula de crise do Quai d’Orsay foi imediatamente ativada e um número exclusivo está disponível, as famílias começam a ligar e elas também são bem-vindas a um hotel em Roissy. Uma unidade de crise também foi aberta na embaixada de França no Cairo”.

Também esta manhã o primeiro-ministro Manuel Valls se exprimia: “ A França está pronta para participar nas buscas se as autoridades egípcias o solicitarem. Acredito que, nesta fase, nenhuma hipótese pode ser descartada sobre as causas do desaparecimento.”

Autoridades egípcias lançaram as operações de busca com o apoio de meios aéreos gregos. As operações estão centradas num raio de 130 milhas náuticas a sudeste da ilha grega de Karpathos.

“Tudo o que podemos dizer é que a perda de contato com o airbus deu-se numa área específica e a operação de busca está focada nesse local. Aviões militares e navios foram imediatamente enviados para lá e estamos a ser apoiados pelas autoridades gregas”, informou o primeiro-ministro egípcio.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte