Última hora

Em leitura:

Ataques terroristas penalizam contas do Eurostar

empresas

Ataques terroristas penalizam contas do Eurostar

Publicidade

Os ataques terroristas em Paris e em Bruxelas penalizaram o Eurostar, o serviço ferroviário de alta velocidade entre Londres e o continente europeu.

Nos primeiros três meses do ano, em termos homólogos, as vendas de bilhetes recuaram 6% para 261 milhões de euros.

O número de passageiros baixou 3%. O Eurostar transportou 2,2 milhões de pessoas, menos 100 mil passageiros face ao primeiro trimestre do ano passado.

Apesar dos desafios, a empresa está confiante.

Se os viajantes norte-americanos e asiáticos se mantém cautelosos, a empresa começa a sentir os efeitos do futebol.

Segundo o presidente executivo do Eurostar, Nicolas Petrovic, nas últimas semanas houve um aumento da procura, graças ao Euro2016, que começa em junho em França.

O Eurostar estima que meio milhão de britânicos vão deslocar-se para assistir à competição desportiva.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte