Última hora

Em leitura:

Justiça francesa começa a ouvir suspeito dos atentados de Paris

mundo

Justiça francesa começa a ouvir suspeito dos atentados de Paris

Publicidade

O único sobrevivente do comando terrorista que provocou 130 mortos em Paris, em Novembro, começou a ser ouvido pela justiça francesa.

Saleh Abdeslam, que se encontra detido desde finais de Abril na prisão de Fleury-Mérogis, chegou esta manhã ao Palácio de Justiça de Paris sob fortes medidas de segurança.

O homem suspeito de ter assegurado a logística dos ataques de Novembro vai responder pelas acusações de participação em assassínios terroristas.

A audição precede a convocação das testemunhas, a partir da próxima terça-feira.

Seis meses após os atentados, Abdeslam continua a relativizar o seu papel nos ataques, depois de ter reconhecido ter desertado o comando, ao abandonar o seu cinto de explosivos em Paris.

Abdeslam é suspeito de ter alugado vários esonderijos e de ter transportado os suicidas que se fizeram explodir no Estádio de França a 13 de Novembro.

Detido na Bélgica após quatro meses de fuga, o homem afirma ter sido apenas um “peão” na organização dos ataques.

A justiça francesa pediu à Bélgica que extradite outros quatro suspeitos dos atentados, três dos quais teriam ajudado Abdeslam a escapar à polícia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte