Última hora

Em leitura:

O melhor (e o maior) de Jeff Koons em Londres

le mag

O melhor (e o maior) de Jeff Koons em Londres

In partnership with

Uma retrospetiva da obra de Jeff Koons acaba de abrir portas em Londres. A exposição reúne obras dos últimos 35 anos.

O artista norte-americano é conhecido por reproduzir objetos banais do quotidiano em grandes dimensões. Para o comissário da exposição, o tema central da obra de Koons é a humanidade.

“Ele interessa-se pela dimensão humana. Nós inspiramos, o que para ele é uma metáfora da vida e expiramos, o que para ele é uma metáfora da morte. É essa a raiz do trabalho dele”, disse Hugh Allen, comissário da exposição da galeria londrina Newport Street.

Koons não realiza as obras, dá apenas as ideias e os colaboradores executam o projeto. Na exposição, há várias obras que remetem para a infância.

“As esculturas da infância remetem para as primeiras formas de comunicação. Esculpimos a plasticina com as mãos e brincamos com a matéria. Tentamos libertar-nos das nossas inibições. É também uma forma de dizer que tudo pode ser arte”, sublinhou a crítica de arte Estelle Lovatt.

Depois de ter estudado arte, Koons começou por trabalhar no setor financeiro para poder financiar o seu trabalho artístico. Hoje, é um dos artistas mais cobiçados pelos colecionadores.

Em 2013, a obra “Ballon dog Orange” foi vendida em leilão por 51 milhões de euros.

A retrospetiva da obra de Jeff Koons pode ser visitada em Londres até 16 de outubro.

Artigo seguinte