Última hora

Em leitura:

Euro'2016, sub-17: Portugal vence Espanha e é campeão europeu

Desporto

Euro'2016, sub-17: Portugal vence Espanha e é campeão europeu

Publicidade

Portugal sagrou-se este sábado campeão europeu de futebol em sub-17. A equipa das quinas, orientada por Hélio Sousa, levou de vencida na final a Espanha, no desempate opor grandes penalidades (5-4), após um empate a um golo nos 80 minutos regulamentares.


Portugal entrou bem na partida, procurando impor velocidade pelos flancos. Em especial, pela esquerda, onde o lateral esquerdo do AS Mónaco, Rúben Vinagre, deu nas vistas. Foi dele, aliás, o cruzamento na origem do primeiro golo do jogo, assinado por Diogo Dalot, com um remate cruzado. O lateral direito do FC Porto festejou “à Cristiano Ronaldo.”

A Espanha reagiu de pronto e chegaria ao empate volvidos apenas 5 minutos. Numa insistência a um canto, Morlanes cruzou largo, houve um primeiro cabeceamento de Brandariz, a defesa lusa andou aos papéis e sobre o poste direito o “pequenote” Brahim Diaz cabeceou sobre Diogo Costa para o golo.



O intervalo chegou pouco depois. Na segunda parte, a Espanha voltou ainda mais determinada a resolver a questão a seu favor e vingar a final perdida de 2003, sob liderança de Diaz, o autor do golo.

Portugal acusou o cansaço acumulado ao longo da competição, mas resistiu, conseguindo levar o jogo para o desempate nas grandes penalidades.


A Espanha mostrou estar preparada para o desempate dos 9 metros e, nos descontos, trocou de guarda-redes: entrou Pol Lozano. Mas de pouco serviu. Os 5 jogadores portugueses chamados a marcar, concretizaram com êxito. O último espanhol, Morlanes, acertou no poste e entregou o título a Portugal.


Foi o 6.° título europeu de sub-17 ganho por Portugal, repetindo os de 1989, 1995, 1996, 2000 e 2003. ao longo de toda a competição, Portugal apenas sofreu um golo, o da final, tendo marcado 15: é a melhor diferença de golos de sempre de uma seleção nacional numa grande competição internacional de futebol.


Ficha de jogo

arena Bakcell, Baku, Azerbaijão
Árbitro: Petr Ardeleanu (R. Checa).

Portugal: Diogo Costa; Diogo Dalot, Diogo Queirós, Diogo Leite e Rúben Vinagre; Florentino Luís; Gedson Fernandes, Domingos Quina (Rafael Leão, 79’) e Mésaque Djú (Miguel Luís, 55’); José Gomes e João Filipe.
Treinador: Hélio Sousa.

Espanha: Iñaki Peña (Adrián, 82’); Robles, Brandariz, Zabarte e Subías; Franc Garcia (Martín, 70’), Oriol Busquets, Brahim Díaz e Morlanes; Jordi Mboula (Lozano, 80’) e Abel Ruiz.
Treinador: Santi

Golos: Diogo Dalot (27’); Abel Ruiz (32’).

Penáltis: José Gomes, João Filipe, Diogo Leite, Diogo Dalot e Gedson Fernandes; Ruiz, Busquets, Brandariz e Díaz (Morlanes falhou).


Os 19 campeões eleitos por Hélio Sousa

GUARDA-REDES
Luís Maximiliano, 17 anos (Sporting): 0 jgs/0 min;
Diogo Costa, 16 (FC Porto): 5 /400/ 1 golo sofrido;
João Virgínia, 16 (Arsenal): 0/0;
DEFESAS
Diogo Dalot, 17 (FC Porto): 4/320/ 1 golo marcado;
Luís Silva, 17 (Stoke City): 2/93/0);
Rúben Vinagre, 17 (AS Mónaco): 4/320/0;
Diogo Leite, 17 (FC Porto): 4/307/0;
Thierry Correia, 17 (Sporting): 3/166/0);

MÉDIOS
Gedson Fernandes, 17 (Benfica): 5/320/1;
Miguel Luís, 17 (Sporting): 4/182/2;
Domingos Quina, 16 (West Ham): 5/287/1;
Florentino Luís, 16 (Benfica): 4/320/0;
João Lameira, 17 (FC Porto): 3/92/0:
AVANÇADOS
João Filipe, 17 (Benfica): 5/327/0);
José Gomes, 17 (Benfica): 5/295/7;
Mésaque Djú, 17 (Benfica): 5/330/1;
Rafael Leão, 16 (Sporting): 4/137/0;
Mikaël Almeida, 17 (Ol. Lyon): 3/105/0.

Historial da competição

O Campeonato Europeu de futebol de sub-17 (sub-16 até 2001, inclusive), cumpriu no Azerbaijão a 33.ª edição. Eis todo os vencedores:

2016: PORTUGAL;
2015: França;
2014: Inglaterra;
2013: Rússia;
2012: Holanda;
2011: Holanda;
2010: Inglaterra;
2009: Alemanha;
2008: Espanha;
2007: Espanha;
2006: Rússia;
2005: Turquia;
2004: França;
2003: PORTUGAL;
2002: Suíça;
2001: Espanha;
2000: PORTUGAL;

1999: Espanha;
1998: República da Irlanda;
1997: Espanha;
1996:PORTUGAL;
1995:PORTUGAL;
1994: Turquia;
1993: Polónia;
1992: Alemanha;
1991: Espanha;
1990: Checoslováquia;
1989: PORTUGAL;
1988: Espanha;
1987: (não atribuído);
1986: Espanha;
1985: URSS;
1984: Alemanha;
1982: Itália.


Países com mais títulos na categoria


1. Espanha: 8 títulos;
2. PORTUGAL: 6;
3. Alemanha e Rússia/URSS: 3;
5. França, Inglaterra, Holanda e Turquia: 2;
9. Itália, Rep. Irlanda, Polónia, Suíça, Checoslováquia: 1.

Reações ao triunfo de Portugal

O primeiro-ministro, António Costa, enviou uma mensagem de parabéns aos jovens jogadores da seleção portuguesa de futebol de sub-17 pela conquista do Campeonato da Europa.

“É com grande alegria e entusiasmo que felicito os jovens atletas, equipa técnica e Federação Portuguesa de Futebol pela conquista do Campeonato da Europeu de Futebol sub 17. Confiança, trabalho, ambição e empenho são e foram a chave para o sucesso. Muitos parabéns”, refere o primeiro-ministro na sua mensagem, à qual a agência Lusa teve acesso.










Artigo seguinte