This content is not available in your region

Austríacos aguardam resultados das eleições presidenciais

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AFP, EFE, Reuters
Austríacos aguardam resultados das eleições presidenciais

<p>Na Áustria joga-se este domingo o futuro da extrema-direita no país.</p> <p>Os austríacos estão a participar em eleições presidenciais para escolherem o sucessor do social-democrata Heinz Fischer cujo segundo mandato está a terminar.</p> <p>O que marca a diferença destas eleições é que pela primeira vez desde o final da Segunda Guerra Mundial o chefe de estado poderá sair da extrema-direita.</p> <p>Ainda que o cargo de presidente não implique poderes extensos, este pode dissolver o parlamento e nomear um novo chanceler.</p> <p>Norbert Hofer é o candidato do Partido da Liberdade. Votou em Pinkafeld no leste do país. Na primeira volta recolheu 35% dos votos.</p> <p>Alexander Van Der Bellen é o outro candidato. Bellen votou no domingo de manhã em Viena, concorre enquanto independente mas conta com o apoio do seu antigo partido, os Verdes.</p> <p>Entre os vários temas que marcam a agenda conta-se a crise dos refugiados mas também a desilusão com os partidos tradicionais, o <span class="caps">SPO</span> e o Partido do Povo, que desde o final da Segunda Guerra Mundial governam o país em alternância ou em coligação.</p> <p>O correspondente da euronews em Viena, Gergely Bártfai, afirma que “eleições presidenciais austríacas raramente fazem manchete na imprensa internacional mas desta feita é diferente. Por toda a Europa aguardam-se os resultados, caso o candidato do Partido da Liberdade venha mesmo a ser eleito como chefe de estado.”</p>