Última hora

Em leitura:

Barcelona vence Sevilha e conquista a 28.a Taça do Rei de Espanha

Desporto

Barcelona vence Sevilha e conquista a 28.a Taça do Rei de Espanha

Publicidade

O Barcelona venceu este domingo a Taça do Rei de Espanha, ao derrotar na final disputada no Estádio Vicente Calderón, em Madrid, o Sevilha. O português Daniel Carriço foi titular nos andaluzes, mas desta feita não foi feliz.

Depois de uma primeira parte muito dividida e sem chances, o mais importante a registar foi a expulsão de Javier Mascherano. Cartão vermelho direto para o argentino, por derrubar e evitar que o luso-francês Kevin Gameiro, do Sevilha, se isolasse.

Na segunda parte, Javier Banega, do Sevilha, ainda acertou no poste, mas o “Barça”, com Piqué a desdobrar-se na defesa, resistiu.

Nos descontos, foi Banega a ser expulso, num lance muito similar ao de Mascherano: o argentino do Sevilha derrubou e evitou que Neymar se isolasse. O nulo subsistiu no marcador e houve lugar a prolongamento.

O “Barça” ressurgiu mais fresco e pressionante. Aos 97 minutos, Jordi Alba foi mais forte que Vitolo e rematou cruzado, batendo Sergio Rico. Esperava-se uma reação sevilhana, mas foram os catalães a manter-se mais perto do segundo golo, valendo algumas boas intervenções do guarda-redes do Sevilha.

/p>

Na segunda parte do prolongamento, o “Barça” baixou o andamento, os sevilhanos esboçaram uma ténue reacção, mas insuficiente. Nos descontos, Neymar fixou o 2-0 para a equipa de Luís Enrique.

A final da Liga Europa jogada 4 dias antes diante do Liverpool, em Basileia, fez mossa na capacidade física da equipa de Unay Emery.

O Barcelona ganhou e somou a 28.a Taça do Rei de Espanha, na 40.a presença na final da prova rainha do futebol espanhol. O Sevilha já aguarda a Supertaça.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte