Última hora

Em leitura:

Ryanair vai baixar preços dos bilhetes

empresas

Ryanair vai baixar preços dos bilhetes

Publicidade

A Ryanair pretende manter uma política comercial agressiva.

A companhia aérea irlandesa pretende baixar os preços, em média, sete por cento nos próximos meses. No inverno, a redução será de 10 a 12%.

No ano fiscal que terminou em março, a Ryanair viu os lucros líquidos subirem 43%, face ao exercício anterior, para 1242 milhões de euros.

Este ano, a subida dos lucros deverá ser inferior, na ordem dos 13%, em parte devido aos efeitos do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia.

O diretor financeiro da Ryanair, Neil Sorahan, adianta: “Penso que a Europa e o Reino Unido beneficiaram de muitas coisas diferentes ao longo do ano. Em particular das tarifas baixas, como as nossas. Se houver um voto claro a favor da saída haverá muitos aspetos negativos, que terão de ser negociados ao longo de meses e anos, e certamente teremos de lidar com isso, se e quando ocorrer”.

Graças aos preços baixos, no ano passado, o número de bilhetes vendidos subiu 16% e a taxa de ocupação dos aparelhos atingiu os 93%.

A companhia transportou 106 milhões de passageiros, reforçando a liderança no mercado europeu.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte