Última hora

Em leitura:

Bill Cosby vai mesmo ser julgado por violação com recurso a drogas

mundo

Bill Cosby vai mesmo ser julgado por violação com recurso a drogas

Publicidade

O antigo comediante norte-americano Bill Cosby vai ser mesmo julgado por agressão sexual sob acusação de ter drogado e violado uma mulher há cerca de 12 anos. A decisão foi conhecida esta terça-feira, num tribunal da Pensilvânia, Estados Unidos, durante uma audiência preliminar à qual o acusado compareceu.

Cosby, agora com 78 anos, admite o polémico contacto sexual com a canadiana Andrea Constand, mas garante ter havido consentimento por parte da antiga treinadora de basquetebol na universidade de Temple.

A defesa da vitima tem uma versão bem diferente. “A questão é que ela foi drogada e estava incapaz de dar o consentimento. Esse é o crime e estas são as acusações que dão corpo ao caso. Estamos ansiosos para apresentar isto na barra do tribunal”, afirmou o procurador distrital de Montgomery, na Pensilvânia, Kevin Steele.

A alegada violação de Andrea Constand terá acontecido em janeiro de 2004 e chegou a tribunal, na Pensilvânia, em março do ano seguinte, por denúncia da vitima. Constand alegou que Cosby a convidou para sua casa, lhe deu alguns comprimidos para que relaxasse, mas que acabaram por deixa-la paralisada e sem reação, tendo Cosby, então, abusado sexualmente da mulher.

Outras quarenta mulheres vieram depois a público também acusar Cosby de agressão sexual, o que o comediante negou.

No caso de Constand, a investigação não terá conseguido reunir provas que terminassem com as dúvidas levantadas pelo comediante, que assumiu os contactos sexuais, mas com consentimento. Um acordo financeiro extrajudicial, com cláusula de confidencialidade, foi acordado em novembro de 2006.

No ano passado, Constand interpôs uma providência cautelar para suspender a cláusula de confidencialidade. No final do ano, o novo Procurador distrital, Kevin Steele decidiu avançar com uma nova acusação contra Cosby antes que o caso prescrevesse e a 30 de dezembro o comediante foi presente a tribunal para enfrentar três acusações de segundo grau.

Esta terça-feira foi confirmado. Bill Cosby vai mesmo ser julgado pela alegada violação de Andrea Constand, com recurso a drogas. O comediante arrisca uma pena de 5 a 10 anos de prisão e uma multa de 25 mil dólares (22 mil euros).

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte