Última hora

Ofensiva sobre Fallujah põe 100.000 civis em perigo

O exército iraquiano acredita que o Daesh está a usar famílias civis como escudos humanos.

Em leitura:

Ofensiva sobre Fallujah põe 100.000 civis em perigo

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da promessa do governo de retomar Fallujah às mãos do grupo radical Estado Islâmico, o exército do Iraque começou a ofensiva sobre a cidade, com vários bombardeamentos.

As Nações Unidas estão preocupadas com os cerca de 100.000 civis que continuam em Fallujah. O exército diz que o Daesh os está a usar como escudos humanos: “O Daesh escondeu-se em zonas civis e vários civis foram mortos ou feridos. Tentámos não atingir algumas famílias, mas eles usam-nas como escudos humanos. Abrimos vários corredores, para garantir a segurança dos deslocados”, diz Raje Barakat, responsável político local.

O exército iraquiano tem o apoio dos Estados Unidos e de milícias constituídas, sobretudo, por xiitas.

As forças regulares conseguiram já capturar algumas áreas rurais na região de Fallujah, mas a batalha para reconquistar a cidade, a primeira a ter caído nas mãos do grupo Estado Islâmico, adivinha-se vir a ser uma das mais difíceis desta guerra.