Última hora

Em leitura:

Bomba ou não? Peritos dividem-se sobre desastre da EgyptAir

mundo

Bomba ou não? Peritos dividem-se sobre desastre da EgyptAir

Publicidade

A hipótese da bomba a bordo, no caso do despenhamento do avião da EgyptAir, é para ser tratada com pinças. O chefe da equipa de peritos egípcios veio agora desmentir um médico, membro da equipa, que tinha defendido essa hipótese.

Segundo o profissional, citado pela agência Associated Press, a análise dos restos humanos encontrados na zona do acidente apontam para uma explosão.

Antes, o diretor da autoridade egípcia para a aviação tinha desmentido os relatos do ministro da defesa grego, que falavam de uma perda de altitude do avião antes do desaparecimento dos radares.

Na madrugada de quinta-feira, o voo MS804 da EgyptAir, um Airbus A320, desapareceu dos radares em águas territoriais gregas, quando fazia a ligação entre Paris e o Cairo.

A hipótese de uma bomba a bordo vem dar força à tese terrorista e pode explicar o facto de os pilotos não terem lançado qualquer alerta.

É ao Egito que vai caber a análise das caixas negras do avião, se forem encontradas intactas. O Egito mandou um submarino para participar nas buscas. Um navio francês juntou-se também à frota.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte